Tributação do Mercado Financeiro e de Capitais no Brasil e Exterior

Seu Estado
Não Inscrito
Preço
R$ 5.000,00

Descrição: Curso prático voltado à capacitação de profissionais na tributação da principais modalidades de aplicações financeira e no mercado de capitais no País e no Exterior, seus efeitos fiscais para investidores pessoas físicas, pessoas jurídicas tributadas pelo Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real, Entidades Isentas e Imunes, Instituições financeiras e equiparadas, bem como para a carteira de Fundos de Investimentos. Será abordado o regime especial de tributação para investidores estrangeiros e estruturas offshore detidas por investidores domiciliados no Brasil e outros.

Objetivo do Curso: Este curso fornecerá o tratamento fiscal dos principais produtos do mercado de renda fixa: CDB, COE, Debêntures, LCI, LCA, CRI, CRA, CPR...; mercado de renda variável: ações, ouro, opções, futuro, swap, hedge, day-trade e demais derivativos; fundos de investimento: multimercado, de ações e índices, fechado, FII, FIP, FIDC, FI-FGTS, FIEE, com Carteira de debêntures e operações especiais: aluguel de ações, mútuo, overgold, assunção de dívidas, operações conjugadas, no mercado de balcão e operações realizadas em mercados de liquidação futura fora de bolsa e referenciados em produtos agropecuários, nas bolsas de mercadorias e de futuros.

Nos investimentos em outros países será abordado o tratamento fiscal especial sobre a variação cambial, além de isenção em bolsa de valores no exterior.

Público-alvo: profissionais da área financeira, contábil, e jurídico tributário, family office, wealth, e gestores e administradores de fundos.

Condições especiais para grupos e clientes VBSO, entre em contato pelo email contato@vbsoexpertise.com.br para mais informações.

Metodologia: o curso adotará a seguinte metodologia:

(i) leitura prévia de bibliografia sobre tributação no mercado financeiro e de capitais, conceitos básicos sobre imposto de renda e IOF, aplicação de estudo de casos e exercícios de fixação para cada aula;

(ii) discussão de resoluções dos casos e exercícios de aplicação solicitadas a cada aula; e

(iii) apresentações expositivas pelos professores sobre o conteúdo programático.

Rolar para cima